Recuperação pós-maratona. Por que ela é tão importante para o seu corpo.

Recuperação pós-maratona. Por que ela é tão importante para o seu corpo.
0 Flares 0 Flares ×

Parabéns! Depois de muito preparo, treino e alimentação regrada, você acaba de concluir com sucesso sua primeira maratona. Mas, não pense que vai poder relaxar e descuidar do corpo; ou mesmo que já é o momento de voltar a treinar pesado para o próximo desafio.

Tão importante quanto a preparação é o momento de recuperação. Então, na verdade, agora é hora de ir para casa, focar-se no descanso do seu corpo, para colocá-lo de volta em equilíbrio e, principalmente, evitar danos e lesões.

Com cuidado e paciência, em pouco tempo, você estará de volta a sua melhor performance.

Um preço a ser pago

Correr uma ou meia maratona é difícil para qualquer pessoa independente se você é um atleta profissional ou iniciante.

Naturalmente, correr 42 quilômetros vai pedir muito mais do seu corpo – músculos, hormônios, tendões, células e outros sistemas fisiológicos – do que correr cerca de 21km.

No entanto, o processo de recuperação do corpo é similar em ambos os desafios, levando o seu corpo ao limite. Portanto, é necessário que você ofereça a ele o suporte e o tempo necessário para se recuperar. Mas quanto é este tempo? isso depende de uma série de fatores, mas especialmente dos danos causados ao seu corpo.

Danos ao corpo

“O treino e a corrida causam inflamação dos músculos e, também, a necrose da fibra muscular, prejudicando a força muscular do corredor. Esse processo pode durar até duas semanas.” É o que explica um estudo realizado pelo Runners Connect, um importante grupo norte-americano formado por especialistas e mentores de corrida.

O estudo enfatiza, ainda, que por sete dias o corpo sofrerá com o aumento da creatinina quinase (também conhecida por creatinina fosfoquinase). Os médicos avaliam essa alta concentração como indicador de dores musculares ou fadiga. Por isso, por até três dias após a prova é recomendável evitar qualquer tipo de atividade que exija esforço extremo, como cross-training, por exemplo. Além disso, não é aconselhável fazer muito esforço físico por uma semana, ou até dez dias depois da maratona.

O sistema imunológico também é afetado, deixando o corredor mais suscetível a gripes e resfriados por até três dias. Por isso, descansar e comer alimentos ricos em nutrientes é essencial durante o período de recuperação.

Depois da corrida

Terminando a corrida, é importante que você se aqueça e coma algo que lhe dê mais energia, como uma banana ou uma barrinha de proteína.

Em casa, tome um banho, alternando entre água gelada por 15 minutos e quente por mais 15 minutos. Na sequência, caminhe um pouco e relaxe as pernas.

Coma bastante proteína, carboidratos e frutas nos dias seguintes à prova. Isso vai ajudar a reparar os danos musculares feitos ao seu corpo, impulsionar a produção de moléculas antioxidantes e fortalecer o seu sistema imunológico.

Uma semana depois

Uma semana depois (ou mais, se você ainda não se sentir bem), tente fazer exercícios com pouca intensidade, como uma corrida leve ou natação. O objetivo é fazer com que o sangue seja bombeado para as pernas. Além disso, continue mantendo uma dieta saudável, rica em nutrientes.

Vá, aos poucos, voltando às corridas de maior intensidade, e em percursos cada vez maiores. A recuperação é tão importante quanto o treino. Com essas medidas, você poderá voltar ao seu treino regular em pouquíssimo tempo, e estará pronto para novos desafios.

Comments

comments

Share This

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>