Dicas para contratar um Personal Trainer

Dicas para contratar um Personal Trainer
0 Flares 0 Flares ×

O verão é sempre uma época que leva muita gente para as academias. Além de mais corpo à mostra, esse período de calor também estimula refeições mais leves, o que estimula a perda de peso e a busca por um estilo de vida mais saudável.

Não importa se você é novo na academia ou se quer apenas melhorar seus resultados, um personal trainer pode ajudar muito na conquista de seus objetivos. Os benefícios de ter o auxílio de um personal vão desde a adequação do treino para os seus objetivos até a garantia da prática correta de cada movimento. Esse profissional também costuma garantir mais energia para a prática de exercícios regularmente e elimina as desculpas que fazem com que muitas pessoas parem de frequentar a academia.

Mas por onde começar para encontrar o personal trainer certo?

Defina suas metas

Antes de procurar um personal trainer, você deve ter clareza sobre suas metas pessoais de condicionamento físico. Você quer perder peso? Tonificar determinadas áreas? Aumentar força ou resistência? Seja qual for a sua meta, você precisa ser capaz de discutir o que você deseja obter. Durante a discussão inicial, determine se o seu potencial treinador presta atenção nas suas metas ou se ele/ela está tentando definir seu próprio programa.

Compatibilidade

Peça ao treinador uma sessão gratuita para ver se os estilos de vocês são compatíveis, uma vez que a personalidade dele pode não combinar com a sua. Outra forma de testá-lo, e ainda economizar um pouco, é fechar a contratação para um pequeno grupo e dividir os custos. Mas fique atento se isso funciona para você, pois algumas pessoas gostam de sessões em grupo por sua natureza social ou competitiva, enquanto outras podem se sentir intimidadas se o resto do grupo estiver mais adiantado.

Outra consideração que deve ser levada em conta é o estilo da prática das atividades físicas. Você está mais interessado em condicionamento aeróbico ou anaeróbico? Embora muitos treinadores combinem ambos os tipos de exercícios, é bom que você esteja confortável com o equilíbrio e o foco dado por seu treinador.

Verifique as credenciais e a experiência

O treinador deve ser certificado em seu ramo de trabalho. Verifique se ele possui formação em Educação Física e se a Instituição de Ensino é credenciada pelo MEC (Ministério da Educação) e se ele é associado ao Conselho Federal de Educação Física, ou CONFEFF, e ao Conselho Regional de Educação Física, ou CREF, existente em seu estado. Seu treinador deve estar capacitado para se comunicar de maneira clara e te motivar, demonstrando interesse em ajudá-lo a atingir suas metas pessoais de condicionamento.

Peça referências ou histórias de sucesso de outros clientes e certifique-se de que ele consiga adaptar os treinos a quaisquer limitações físicas que você possa ter, como um problema nas costas ou nos joelhos.

Por onde começar?

A sua academia é o melhor lugar para começar a procurar um personal trainer. A maioria das academias tem esse tipo de serviço disponível, sejam funcionários ou freelancers. Elas costumam fazer essas verificações de credenciais e formação acadêmica, facilitando seu processo de seleção. Além disso, esses profissionais já estarão familiarizados com o local e com os equipamentos da academia.

Outra boa opção é pedir indicações de alguém em quem você confie. Pergunte aos seus amigos ou colegas de trabalho, especialmente àqueles que atingiram uma meta de condicionamento físico recentemente.

E não se esqueça, é o seu dinheiro, seu tempo e suas metas de condicionamento físico que estão em jogo. Por isso não tenha medo de conversar com vários treinadores em potencial antes de se comprometer.

Como você encontrou seu personal trainer ideal? Adoraríamos ouvir seus comentários.

Comments

comments

Share This

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>