HIRSA 2018 – Tendências para o setor fitness

HIRSA 2018 – Tendências para o setor fitness
0 Flares 0 Flares ×

A Precor esteve presente na IHRSA deste ano em San Diego, Califórnia. Não apenas revelamos um novo visual e inovações em nossos portfólios de cardio, força, Queenax ™, Spinning® e fitness em rede, mas também aproveitamos para explorar a indústria. Aqui está uma recapitulação das tendências que encontramos.

Semanas antes da convenção, a IHRSA divulgou um relatório (em inglês) com as últimas descobertas sobre a saúde da indústria de fitness dos EUA. A pesquisa mostrou que mais de um em cada cinco americanos frequentava pelo menos uma academia ou estúdio dos EUA. Havia 70,2 milhões de consumidores nos EUA em 2017, um aumento de 33,6% desde 2008. As visitas às academias dos EUA – 5,9 bilhões em 2017 – aumentaram 31,5% no mesmo período.

Jay Ablondi, vice-presidente executivo de produtos globais da IHRSA, declarou: “As academias continuam encontrando maneiras inovadoras de engajar os consumidores para atender às crescentes demandas por programas de condicionamento físico, instrução de treinamento e serviços de bem-estar.”

Lisa Bodell, fundadora e CEO da Futurethink, desafiou os líderes a simplificar a complexidade em seus negócios, a buscar a diversidade e a inclusão, a pensar além de suas faculdades e indústrias e manterem-se focados no futuro.

Aqui está uma recapitulação de algumas das grandes tendências e inovações testemunhadas na IHRSA 2018.

Um ponto de virada digital: tecnologia que impulsiona a programação de fitness

A mudança de interesses entre os usuários e grupos demográficos dificultam que os donos de academias, bem como especialistas do setor, possam prever tendências de programação de condicionamento físico. No entanto, se a convenção e a IHRSA deste ano forem alguma indicação, a aptidão digital, a realidade virtual e as tecnologias inovadoras continuarão a influenciar não apenas a programação, mas também o envolvimento do cliente, design da academia, métodos de pagamento e gerenciamento.

Programação virtual, realidade virtual e realidade aumentada estiveram presentes, demonstrando inovações. Os fornecedores apresentaram uma mistura de maneiras de envolver os praticantes com programação orientada por tecnologia.

O setor de fitness ofereceu opções de programação de fitness digital sob demanda e streaming por alguns anos: Fitness On Demand ™, FitCloudConnect, Wellbeats ™ e Wexer são alguns dos players. Rob Barker, presidente da Precor e membro do conselho da Amer Sports, acredita que a indústria chegou a um ponto de inflexão digital. Em um episódio recente do Podcast de Negócios de Fitness, Barker discute o custo para em fornecer experiências de usuário acessíveis e de qualidade. Ele vê o digital como uma vantagem para quem está a fim de catalisar a tendência conduzida pela experiência do usuário. Habilitar a experiência do usuário por meio de ofertas digitais oferece custos de entrega menores e qualidade consistente.

Oferta de aulas virtuais que aumentam a frequência de aulas ao vivo

Pode surpreender, mas a oferta de aulas virtuais pode impactar positivamente a demanda por aulas de exercícios em grupo ao vivo. De acordo com o Wexer Global Consumer Survey, as academias têm um aumento médio de 12% na frequência de aulas ao vivo quando oferecem aulas virtuais.

Les Mills ™ considera a programação virtual uma porta de entrada para aulas ao vivo. A empresa estreou sua próxima geração de fitness virtual: Les Mills Virtual, uma versão virtual de qualidade cinematográfica 2.0 de classes ao vivo. O estande da Les Mills deste ano foi um exemplo de como a forma digital está influenciando o planejamento do espaço das instalações, com salas de ginástica em grupo parecendo salas de concertos de rock com telas grandes e efeitos de iluminação dinâmicos.

MyZone®, uma plataforma de tecnologia wearable de fitness, adotou a programação virtual este ano na IHRSA. A empresa introduziu o MZ Instruct, um recurso que exibe trechos de vídeo de instrutores virtuais demonstrando movimentos funcionais em um ambiente de boot camp.

Um treino de realidade virtual

Exibindo pela primeira vez no IHRSA, a equipe da Black Box VR apresentou sua máquina de resistência de realidade virtual. Um sistema de polias de cabo integrado controlado pela Black Box dá aos praticantes um exercício de resistência muscular de 30 minutos. O Black Box VR é uma experiência de academia de realidade virtual que incorpora inteligência artificial para guiar os braços, ombros, peito e costas do praticante para uma forma perfeita.

Preston Lewis, co-fundador da Black Box VR, acredita que “combinar princípios de jogo viciantes com tecnologias imersivas e experiências de condicionamento físico apoiado pela ciência vai impulsionar o futuro da indústria de saúde e condicionamento físico”.

Inovações de software digital impactam a experiência do usuário e o gerenciamento de instalações

O software digital continua aprimorando as soluções de condicionamento físico que apoiam a criação de experiências mais personalizadas. Atendendo às expectativas dos praticantes, as soluções de fitness digital devem fornecer uma conectividade integrada de entretenimento, aplicativos, pareamento de dispositivos, exibição biométrica e sincronização, rastreamento e compartilhamento de exercícios.

Inovações da Precor de fitness em rede

A Preva® Partner Store no estande da Precor apresentou a abordagem de parceria do fabricante de equipamentos para oferecer uma solução de entretenimento de mídia, aplicativos, dados e recursos de serviço. Os novos recursos de fitness em rede da Precor oferecem opções e capacidade de aprimorar suas instalações e experiência do usuário. Juntamente com os parceiros eGym®, Gym Farm, Clubcom®, RunTV e EXOS, a Preva oferece:

  • Um nível aprimorado de experiência do usuário, oferecendo a capacidade de ter treinamentos cardio personalizados de personal trainers, acompanhar metas, compartilhar dados de exercícios, agendar aulas de condicionamento físico e receber automaticamente incentivos e recompensas.
  • O login por Bluetooth® usando um smartphone e um login para conectar automaticamente os usuários a seus aplicativos de entretenimento, como Netflix®, Spotify® e Hulu®.
  • Exercícios inspiradores e envolventes de ambientes extremos a corridas desafiadoras, passeios e escaladas em alguns dos locais mais icônicos e impressionantes do mundo.

O ecossistema de fitness

De olho no futuro do setor de fitness, os fornecedores estão analisando como podem modificar todo o ecossistema de fitness: equipamentos, tecnologia, software digital, serviços e finanças. Para proprietários, isso significará a capacidade de escolher as melhores soluções personalizadas.

A personalização dos dados será fundamental, principalmente na forma como são coletados, agregados e entregues. A capacidade da academia de usar as informações coletadas da conectividade entre o cliente, o equipamento, os dispositivos e o software permitirá o design de programas de condicionamento físico mais envolventes, já que serão construídos a partir de seu perfil e histórico de treinamento.

O software orientado por dados integrado aos consoles de equipamentos agora pode avaliar o estado atual da adequação de um aluno e fornecer estratégias de intervalo direcionadas, adaptadas às necessidades do indivíduo em cada equipamento cardiovascular. Por meio de uma parceria com a ESD (Tecnologia de Desenvolvimento de Sistemas de Energia) da EXOS, as esteiras, elípticas e bicicletas da Série 880 da Precor Experience ™ podem proporcionar um treino cardio intervalado personalizado e prescritivo.

Agora, quando um praticante se conecta a uma esteira, ele os reconhece, conhece seu histórico de exercícios e ajusta a inclinação e a velocidade para acomodar o tipo de treino para ajudar o praticante a alcançar seus objetivos. Isso está nos aproximando do uso da inteligência artificial ​​para exercícios preditivos.

Inovando a experiência de ciclismo indoor, a Precor lançou o Spinner® Studio Console, que é compatível com a maioria das soluções de leaderboard do mercado. Os participantes da IHRSA receberam aulas de demonstração lideradas pelos mestres do Spinning®, Josh Taylor e Cesar Valera, com a programação SPINPower® na Spinner® Chrono ™ Power. Durante as demonstrações, os dados de frequência cardíaca e desempenho dos participantes foram compartilhados via tecnologia Spivi® em um grande quadro de líderes.

Tecnologia de imagens 3D: uma ferramenta para oferecer experiências baseadas em resultados

A tecnologia emergente na avaliação da composição corporal criou uma vantagem acessível na quantificação dos benefícios dos programas de condicionamento físico e na entrega do valor que os alunos esperam. Demonstrar os resultados dos clientes é agora um processo de apenas 35 segundos para a reprodução de uma imagem 3D. Com essa ferramenta visual poderosa, os clientes têm uma ideia de onde estão, o seu estado de saúde e fitness e o seu progresso. Isso ajuda a criar uma conversa entre o instrutor e o aluno que pode dar sentido às medidas e aumentar o compromisso.

Styku ™, InBody ™ e Fit3D exibiram seus produtos de avaliação corporal 3D, que usam câmeras e sensores para capturar imagens corporais. A Gold’s Gym instalou o Styku em suas 150 academias corporativos e implementou um programa onde os franqueados podem comprar a tecnologia.

Olhando para a frente…

Então, de onde virão as próximas ideias disruptivas? Que novos produtos podem surgir em nossa indústria, já que a inteligência artificial converge com a tecnologia atual? A convenção e feira anual da IHRSA é um lugar revigorante de troca profissional, colaboração e descoberta. É um lugar onde testemunhamos possibilidades; onde os donos de academias podem observar as tendências do setor e preparar e adaptar melhor seus planos de negócios para se beneficiar de uma revolução na inovação.

Comments

comments

Share This

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *